Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fascite Plantar: um tratamento eficaz

por CityJogger, em 17.03.10

 

 

Há cerca de um ano comecei a sofrer de um problema que é comum a muitos corredores (sejam de fim-de-semana ou não), chamado Fascite Plantar. A Fascite Plantar basicamente é uma inflamação de um tendão chamado fascia plantar, que está localizado na base do pé, e que é causada por microtraumatismos de repetição. 

 

A dor na sola do pé não é era muito intensa, mas era extremamente incomodativa, ao ponto de me perturbar mesmo que eu quisesse só andar à hora de almoço. E o problema persistia, mesmo depois de eu tomar anti-inflamatórios, fazer descanso e gelo...

 

Mas - e a boa hora - eu comprei um livro do qual já falei neste blog, chamado "Born to Run", em que se explica a maneira de correr de uma tribo de índios mexicanos chamados tarahumara. Eles corriam sem lesões e sem calçado especial, o que me espantou. E espantou-me também saber que provavelmente os homens primitivos, na savana em África, corriam com ainda menos protecção nos pés, caçando durante horas animais que matavam pelo cansaço! 

 

O livro é muito interessante e eu recomendo-o vivamente. Mas para o que nos interessa agora, ele explica como podemos tratar a fascite plantar apenas com uma mudança de estilo de passada na corrida. E julgo que isto se aplica mesmo a quem não corra. Se sofre de fascite plantar e procura um tratamento fácil, rápido e indolor, deve tentar o que lhe vou propor de seguida: 

 

Mude a sua passada de corrida para uma passada forefoot (colocar o pé no chão apenas com a parte da frente do pé e nunca com o calcanhar). 

 

Asseguro, com 95% de certeza, que as dores passam em duas semanas. Comigo funcionou tão bem que eu fiquei realmente espantado. Uma dor persistente, que tinha há meses, desapareceu tão rapidamente que parecia magia. E é uma solução tão fácil que eu tinha de a partilhar. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:37



Adsense


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D