porque o melhor da vida passa a correr
comentar
publicado por CityJogger, em 20.04.12 às 20:53link do post | favorito

 

 

 

A corrida pode ser a metáfora perfeita para a busca que todos efectuamos na vida - a busca da felicidade.

 

Claro que a busca, na maior parte dos casos, pode demorar anos ou mesmo décadas. A vantagem do desporto físico, nomeadamente da corrida, é que a felicidade se encontra em diversos momentos, mesmo que seja efectivamente extemporânea. Esses momentos são: a partida, atingir velocidade de cruzeiro e a chegada. Vejamos um a um em maior pormenor:

 

A partida

 

Julgo que a maior parte dos corredores vão entender-me quando eu digo que um dos melhores momentos do nosso dia é quando nos equipamos e saimos para correr. Trata-se daquele momento essencial em que liberdade de correr nos invade o dia e nós sabemos que vamos usufruir da plena liberdade de irmos para onde quisermos, à velocidade que quisermos e durante o tempo que quisermos. Para quem vive vidas muito ocupadas, este sentimento é muito mais forte, porque correr representa o contrário de um dever; pelo menos para quem leva a corrida a sério enquanto uma parte fun da sua vida (e é aconselhável que assim seja, sempre). 

 

Atingir a velocidade de cruzeiro

 

A velocidade de cruzeiro é atingida normalmente um pouco antes da metade do nosso percurso. É quando os nossos músculos já aqueceram e deixamos de sentir frio ou calor para estabilizarmos realmente a nossa passada e o nosso ritmo. O nosso corpo começa a sentir-se mais confortável e o stress começa realmente a diluir-se e a ser substituído pela agradável sensação de cansaço dinâmico. Quem costuma correr habitualmente reconhece todos estes sinais e pode sorrir ao senti-los chegar. 

 

A chegada

 

É sabido que o corpo liberta endorfinas depois de um esforço físico prolongado, em grande medida para contrapor ao desgaste muscular. O efeito secundário é uma agradável sensação de "moca" de corredor. Muito melhor do que qualquer droga legal, esta "moca" de corredor serve na perfeição para aliviar o cansaço à chegada e dar-nos uma sensação plena de satisfação. É aqui realmente que todo o stress desaparece e é substituido pelo desejo de tomar um belo banho e aproveitar o resto do dia (ou da noite, dependendo da hora do treino). 

 

Como vêem, a corrida é o desporto ideal para combatermos o stress do dia-a-dia, sobretudo se a praticarem regularmente. Apenas os praticantes regulares vão começando a reconhecer estas etapas e, simultaneamente, a conhecer melhor os seus próprios corpos. Existem certamente alguns efeitos menos positivos de praticar desporto - nomeadamente as lesões - mas estes são contrabalançados pelas vantagens em termos de saúde, não só fisíca, mas sobretudo psíquica. Um corredor é alguém que lida melhor com a pressão do quotidiano, que tem pressão alterial mais baixa e níveis de colesterol mais equilibrados (salvo, claro, factores genéticos exógenos). 

 

Este post foi gentilmente patrocinado pela bwin

Façam as vossas apostas de desporto aqui.


comentar
publicado por CityJogger, em 16.03.10 às 14:55link do post | favorito

 

 

Já tiveram um daqueles dias (ou semanas) em que as tensões se acumulam e o stress toma conta da nossa vida? Há dias mesmo complicados, em que só apetece chegar a casa e partir qualquer coisa. 

 

Ora... nada melhor do que dirigir a nossa frustração e stress acumulado para algo positivo. Correr é uma das melhores actividades que podemos fazer para descarregar estas energias negativas acumuladas. E isto por duas razões:

 

  • Geralmente os esforços repentinos, traduzidos por gastos energéticos curtos mas intensos, ajudam a libertar tensão muscular e podem ser associados (mesmo idiomaticamente) com processos mentais confusos. Ou seja: podemos associar um sentimento de mal estar, raiva, depressão, etc e dirigi-lo à actividade física de correr. 
  • Durante a corrida despendemos energia e raiva acumulada. No final da corrida temos a vantagem espectacular de sentir o pleno efeito das endorfinas - um autêntico elixir natural, que o cérebro liberta depois da corrida, e que serve de relaxante natural, dando-nos uma grande sensação de bem-estar e tranquilidade. 

Por isso, a próxima vez que tiver um dia mau, cheio de energias negativas e/ou stress e queira uma solução rápida, faça uma pequena corrida ao fim do dia. Aconselho também que dê tempo às endorfinas, no final da corrida, descansando um pouco; o melhor é mesmo parar e sentar no chão, e aproveitar os alongamentos finais como uma verdadeira sessão de spa gratuita. :)




pesquisar
 
subscrever feeds