porque o melhor da vida passa a correr
comentar
publicado por CityJogger, em 17.03.10 às 09:37link do post | favorito

 

 

Há cerca de um ano comecei a sofrer de um problema que é comum a muitos corredores (sejam de fim-de-semana ou não), chamado Fascite Plantar. A Fascite Plantar basicamente é uma inflamação de um tendão chamado fascia plantar, que está localizado na base do pé, e que é causada por microtraumatismos de repetição. 

 

A dor na sola do pé não é era muito intensa, mas era extremamente incomodativa, ao ponto de me perturbar mesmo que eu quisesse só andar à hora de almoço. E o problema persistia, mesmo depois de eu tomar anti-inflamatórios, fazer descanso e gelo...

 

Mas - e a boa hora - eu comprei um livro do qual já falei neste blog, chamado "Born to Run", em que se explica a maneira de correr de uma tribo de índios mexicanos chamados tarahumara. Eles corriam sem lesões e sem calçado especial, o que me espantou. E espantou-me também saber que provavelmente os homens primitivos, na savana em África, corriam com ainda menos protecção nos pés, caçando durante horas animais que matavam pelo cansaço! 

 

O livro é muito interessante e eu recomendo-o vivamente. Mas para o que nos interessa agora, ele explica como podemos tratar a fascite plantar apenas com uma mudança de estilo de passada na corrida. E julgo que isto se aplica mesmo a quem não corra. Se sofre de fascite plantar e procura um tratamento fácil, rápido e indolor, deve tentar o que lhe vou propor de seguida: 

 

Mude a sua passada de corrida para uma passada forefoot (colocar o pé no chão apenas com a parte da frente do pé e nunca com o calcanhar). 

 

Asseguro, com 95% de certeza, que as dores passam em duas semanas. Comigo funcionou tão bem que eu fiquei realmente espantado. Uma dor persistente, que tinha há meses, desapareceu tão rapidamente que parecia magia. E é uma solução tão fácil que eu tinha de a partilhar. 




pesquisar