porque o melhor da vida passa a correr
comentar
publicado por CityJogger, em 03.02.10 às 10:18link do post | favorito

 

 

Inspirado por um artigo que saiu no Jornal i, proponho-me a discutir um pouco a questão (polémica) do que será um bom sítio para correr em, e à volta, de Lisboa. 

 

De facto o local que escolhemos tem grande importância para a forma como os nossos treinos decorrem. Se não gostarmos do sítio onde corremos, o mais provável é acabarmos por correr menos e podemos mesmo chegar a desistir. 

 

Já tive oportunidade de correr em alguns sítios em (volta de) Lisboa e deixo meus dois favoritos: 

 

1. Belém

 

Não há que fingir que esta não é a zona mais bonita da cidade, sobretudo porque está bem cuidada e também é bem frequentada (pelo menos antes das 23h). Tem duas grandes vantagens: o piso é regular e plano e as vistas são magníficas (sobretudo mais ao fim da tarde). As desvantagens são sobretudo o vento, que é - sei por experiência própria - muito instável e imprevisível. 

 

2. Guincho (Cascais)

 

Em termos de paisagem concorre com Belém, e a pista de ciclismo que foi construída há poucos anos é excelente - quase que um sucedâneo das pistas sintéticas de atletismo. O percurso não é tão plano como em Belém, mas não tem grandes elevações. A grande desvantagem é mesmo o vento! Não é à toa que as praias desta região são frequentadas por muitos windsurfers de todo o mundo. 

 

São dois dos meus sítios favoritos, mas eu deixei de os frequentar, porque prefiro correr mais perto de casa, embora o percurso seja menos "agradável", torna-se preferível ter a rapidez de chegar a casa, vestir o equipamento e sair, em vez de ter de ir para um outro local e ter de ir para casa todo suado... as desvantagens do meu percurso de casa são outras (cães, carros, etc) e terão direito ao seu próprio post!


Miguel a 3 de Fevereiro de 2010 às 15:39
Eu costumo correr num percurso mais ou menos fixo que começa e acaba à porta de minha casa! Prefiro assim porque é mais cómodo mas, de facto, é chato ter que ir (muito) atento ao trânsito e aos cães!! Mas agora já conheço os cães bons e os mauzões!!
Fora de tema: eu utilizo o sistema Nike+ para obter alguns dados de treino. Conheces? Se sim, o que achas dele?

CityJogger a 3 de Fevereiro de 2010 às 15:45
Olá Miguel. Os cães de facto são o nosso inimigo n.º1, tenho de escrever sobre isso. Quanto ao Nike+ já tive curiosidade de experimentar, mas não uso, sobretudo porque sou um bocado avesso ao uso dos leitores de mp3 em corrida, prefiro o rádio, porque torna a música menos previsível e pessoalmente relaxo melhor assim. Mas com certeza que é um sistema interessante e que motiva os corredores - sobretudo no que toca a seguir as estatísticas da corrida.

Anónimo a 13 de Maio de 2010 às 18:42
Olá! Ao contrário da maioria das pessoas que corre (ao que parece), eu tenciono dar umas corridas para aumentar o peso. Algumas ideias e/ou conselhos?
B

CityJogger a 13 de Maio de 2010 às 21:03
Olá. Obrigado pela visita. Há duas questões relacionadas com a questão que coloca: 1. ao praticar exercício, o corpo pede mais calorias e a nossa necessidade calórica aumenta, o que pode levar a um aumento de peso, apesar do exercício; 2. se não costuma exercitar-se, o exercício transforma massa adiposa (gordura) em massa muscular, que é mais densa e por isso mesmo mais pesada. Ou seja, é provável se começar a correr aumente de peso, mas é um aumento derivado de uma massa muscular acrescida. Espero ter ajudado a esclarecer a questão que colocou. Boas corridas!

Anónimo a 13 de Maio de 2010 às 23:47
Obrigado

CityJogger a 14 de Maio de 2010 às 10:11
Obrigado eu. Fique atento(a) ao blog porque o próximo post vai ser sobre esta mesma questão.

Hccr a 7 de Agosto de 2012 às 13:31
Eu gosto muito de correr no estádio nacional. Tem uma parte de estrada, tem pista (campo nº2) e tem trial ( zona da canoagem).



pesquisar