porque o melhor da vida passa a correr
comentar
publicado por CityJogger, em 13.01.12 às 14:34link do post | favorito

 

Uma das principais lições que aprendemos na nossa carreira de corredores é a ouvir o nosso corpo. Já perdi o número de vezes que, ao correr, subtis sensações físicas me deram a entender exactamente o que estava a passar com diferentes partes de mim. Um ligeiro cansaço reflectido no ritmo da respiração, ligeiras dores de esforço nos membros inferiores ou mesmo cansaço ligeiro em termos de focagem dos olhos - tudo isto pode indicar que a corrida deve ser ajustada em tempo real para que não tenhamos lesões. 

 

No dia-a-dia podemos aplicar os mesmos princípios. Penso que os corredores são especialmente habilitados para ouvir o seu próprio corpo, pois deixamos de poder ignorar os sinais às vezes mínimos, que ele nos transmite. Seja uma ligeira dor de costas, uma dor de cabeça ou um stress localizado muscular, o corredor experiente aprende a entender o significado de todos eles e como lidar com eles, muitas das vezes com antecipação face a uma "pessoa normal". 

 

Esta é, penso, uma das grandes vantagens desconhecidas de correr. 




pesquisar