porque o melhor da vida passa a correr
comentar
publicado por CityJogger, em 26.01.10 às 11:15link do post | favorito

Vamos começar hoje uma série de posts dedicados ao equipamento de jogging/corrida. 

 

Começamos com o equipamento mais essencial a um corredor: o calçado. E convém, desde já, esclarecermos que o CityJog é um blog ligado mais à corrente Forefoot Running, ou seja, acreditamos que é importante ter em consideração o seguinte:

  • O pé humano evoluiu naturalmente para andar e para correr. 
  • O pé humano não precisa de ajuda (leia-se apoio extra) no calçado
  • O calçado deve ser o mais "natural" possível, biomecânicamente

Em resumo, os ténis devem proteger o pé, mas não devem alterar a biomecânica básica do mesmo. Demasiada espuma de apoio ao impacto, por exemplo, pode alterar a biomecânica da passada, originando lesões graves.

 

A questão é que o pé humano já é ideal para correr. E quando corremos descalços podemos observar que o apoio da passada é feito, não com o calcanhar, mas com a parte média ou posterior do pé. Isto leva a que o impacto da passada se transmita, não para os joelhos e ancas de forma directa, mas para os gémeos e outras musculatura, de forma gradual. 

 

Pessoalmente, na compra de ténis para jogging, aconselho o menos apoio possível na sola. Aliás, os grandes fabricantes, como a Nike, já vendem calçado "minimalista", como os Lunar Glide por exemplo (na imagem). Estes ténis oferecem um "apoio natural" ao pé, não forçando a passada para um apoio no calcanhar. Isto minimiza as lesões e reforça um estilo de corrida natural. 

 

Claro que joggers que não usem este estilo de corrida devem ter um grande cuidado quando evoluem para o mesmo. Mas em breve escreveremos sobre isso.




pesquisar