porque o melhor da vida passa a correr
comentar
publicado por CityJogger, em 02.07.10 às 17:29link do post | favorito

 

Um corredor está exposto a todo o tipo de agressões ambientais, físicas e sonoras. Entre as mais evidentes estão a poluição dos automóveis e os variados ruídos a que somos expostos à medida que passamos por casas, pavilhões, estradas, etc...

 

Mas há uma agressão que é muitas das vezes ignorada por quem corre: a exposição ao sol.

 

Mesmo para quem não corre o sol pode ser um perigo para a saúde da pele. Mas quem corre expõe-se de maneira mais evidente e por períodos mais prolongados (que podem chegar a várias horas) aos raios solares. Esta exposição pode trazer problemas a médio/longo prazo, nomeadamente lesões na pele, agravamento de lesões ou sensibilidades já existentes e envelhecimento da pele.

 

Há uma maneira simples de nos protegermos. Basta colocar um pouco de protector antes de sairmos para correr, preferencialmente nas partes expostas ao sol, mas, se tivermos de optar, é de colocar protector especialmente na cara. Um minuto pode deixar-nos tranquilos durante horas de corrida, porque sabemos que estamos protegidos. Não se esqueçam que ir correr é como estar na praia exposto ao sol e nunca estariamos na praia expostos sem protector solar.

 

Eu uso precisamente um protector solar comum (que se usaria na praia), factor 20, na cara . E tem o bonús de ter aquele cheirinho inconfundível a praia, que até nos ajuda psicologicamente a correr melhor :)




pesquisar